segunda-feira, 30 de maio de 2011

Gil Scott-Heron - Now And Then


Foi-se embora mas não descansa, é no não-descanso que emergiu, é no sentido crítico e visionário com que olhou o seu mundo que subiu ao Olimpo e é na aliança perfeita entre a poesia e a música que será recordado. Daqui a cem anos as suas palavras e a sua voz vão continuar a ser símbolo de um punho negro erguido. Gil Scott-Heron nunca descanses.

The Revolution Will Not Be Televised
I'm New Here
Brother
When You Are Who You Are
Rivers Of My Fathers
The Prisoner
Whitey On The Moon
Black History/The World
Paint It Black
Lady Day And John Coltrane
Back Home
Me And The Devil


Sem comentários:

Enviar um comentário